DISCURSOS GASTRONÔMICOS E MACARRÔNICOS

sexta-feira, 30 de janeiro de 2009

Esfiha, a gente começa a comer pelo cheiro

Esfiha me faz lembrar duas coisas: o péssimo atendimento do Habib’s e meu avô Albino. Depois de uma cirurgia delicada, alguém levou um embrulho com esfihas quentinhas porque o parente que o acompanhava no quarto se recusou almoçar a comida do hospital. Num momento de distração da parte dos familiares, ele esticou o braço e conseguiu apanhar uma das esfihas, mas antes mesmo de prová-la, levou bronca da tia nervosa, que imediatamente o barrou:
- Pai, o senhor enlouqueceu? Isso não vai lhe fazer bem!
Que judiação. Pior do que tirar doce de boca de criança é tirar uma esfiha morninha da boca de um velhinho acamado.
Esfiha é como pastel de feira. A gente começa a comer “pelo cheiro” e não pelos olhos, como diz o ditado popular do mundo da cozinha.
Em casamentos, as esfihinhas perdem feio para as bolinhas de queijo e outras friturinhas, pois, quem é que gosta de comer 3 cm de massa e um quase nada de carne moída perdida no meio?
E olha que fazer uma boa esfiha não é pra qualquer um. Uma colega de trabalho, chef de cozinha de ascendência libanesa confessou: “nas minhas aulas ensino tudo sobre comida árabe, menos os segredinhos de família...”

4 comentários:

andrea disse...

hummmm...amoooo esfiha...
mas isso é verdade, tenho amigos arabes q newm sob tortura contam o "pulo do gato" das receitinhas de familia!!!!

Lina Gatolina disse...

Quando eu fazia quimio, às vezes me dava vontade de comer esfiha!!!! Massa fininha, carne temperadinha, era um santo remédio contra aquele gosto metálico que sentia em tudo.
O tratamento acabou, mas a paixão continua.
Denise

Regina Bui disse...

Andrea e Denise,
Na comida há cura e prazer, um santo remédio mesmo. E se não soubermos dos segredos que a deixem gostosa, inventemos outros melhores que a façam mágica.
beijos

Ana Paula disse...

Este fim de semana estive em uma cidade ao norte de Portugal, em uma quinta, e provei muitos pratos típicos. Como eles têm forno a lenha, lembrei das esfihas que fazia em um. Mas, aqui em Portugal, não conhecem esfihas!Outra coisa, as comidas das novelas são fonte de imensa curiosidade pra eles. Queriam saber o que era afinal comer limão com sal. Coloquei algumas fotos no blog de alguns pratos saboreados.