DISCURSOS GASTRONÔMICOS E MACARRÔNICOS

quarta-feira, 7 de janeiro de 2009

Facilidades de bandeja

É sempre bom ter um cuidado redobrado com legumes descascados, cortados e embalados, oferecidos pelos supermercados para facilitar sua vida. Geralmente aquela cenoura em cubinhos está ressecada demais, talvez porque não deva ser vendida sem casca, talvez porque tenha demorado para ser vendida. E quem garante que aquela mandioquinha raladinha não estava esquecida, já com as cascas feias e pretejadas lá no fundo do caixote? O mesmo ocorre com frango temperado. Partes maiores cortadas ou em forma de espetinhos, cheios de alho, salsinha e colorau, não raras vezes revelaram o forte odor que carregavam na embalagem a vácuo. Mesmo que a data de validade esteja dentro do prazo, o tempero pode prorrogar o tempo de consumo. Não vale a pena levar tanta vantagem pra casa, pelo menos na maioria dos casos.

4 comentários:

Cruela Cruel Veneno da Silva disse...

na verdade eu não compro os legumes já cortados.. acho que a (des) graça da cozinha é o trabalho que dá.

kkkkkkkkkkkkkkk

vou facilitar a minha vida porque?
não não e não

sou uma menina má,
durmo tarde,
como doce,
tomo sorvete no café da manhã
bebo e as vezes até fumo

então... tem que ter moleza não.

Regina Bui disse...

Cruela da Silva,
eu diria que a arte da cozinha é o trabalho desgraçado que dá. Você está certa, não facilite as coisas, não! - mas até que você fuma pouco...

Andrea disse...

frango temperado? tenho pavor...não sei o quê é mas o tempero me dá SEMPRE impressão q o frango já tá mais pra lá q deveria...
ainda prefiro levar um bom peito pra casa, lavar direitinho, pegar umas ervinhas do vaso da janela, alho, sal grosso e, rapidinho, estará com o sabor q eu conheço, sabe...
legumes? pra q levar legumes descascados? caramba, é tão rapido usando um descascador daqueles simplesinhos...

Regina Bui disse...

Também não compro nada pronto, mas muita gente, principalmente não tendo intimidade com a cozinha, acha que além de ser mais fácil, é tudo a mesma coisa. Não custa nada alertar, né?