DISCURSOS GASTRONÔMICOS E MACARRÔNICOS

terça-feira, 4 de janeiro de 2011

Santos cordeiros

Pecado ou não, da cozinha eu quero tudo! Dessa vez foi com uma longa costelinha de cordeiro. Tive que dividi-la em duas partes, desse jeito ficaria mais fácil de trabalhar. Os dois pedaços marinaram por hora e meia em suco de laranja, alho, pimenta-do-reino, sal e muitas folhas de hortelã. Depois disso, forno. E para fazer-lhes companhia, pedaços cortados de duas maçãs, espalhadas despretensiosamente pela enorme assadeira.
Após duas horas regando cada uma das partes com a própria marinada, decidi então separá-las.
Uma metade da costelinha permaneceu um pouco mais no forno, dessa vez suspendida por uma gradinha apoiada na assadeira, para que ficasse mais dourada.
A outra foi para a panela em fogo baixo com a marinada, agora coada, as maçãs já meio murchas, um cálice e um gole de vinho tinto e duas colheres de mel. Ferveu ali por meia hora, até que aquele molho apurasse um pouco mais.
A primeira saiu do forno corpulenta, forte e úmida e pelo sabor mostrou tudo o que aprendera naquelas horas em que conviveu com o caldo condimentado da laranja.
Já a segunda entregou-se por inteiro ao sedutor molho tinto, e pelo que revelou, provou daquelas maçãs.

Pintura: Josefa de Óbidos

Um comentário:

Joel de Sousa Carvalho disse...

Olá a todos os que vão ler este comentário neste blogue ou noutro muito bom como este. Pois é, estou encantado com todos estes pratos tão bem confeccionados. Pois, eu gostava de fazer igual, mas não consigo. A vida é dura e obrigou-me a morar sozinho, e a cozinha não é de todo o meu local favorito. Mas estou a tentar conhecê-la, mas as aventuras têm sido imensas. Fiz um blog humilde para colocá-las em forma de crónica pouco extensas. Gostava muito que todos vocês o visitassem e se possível o seguissem. É que tentar cozinhar e depois não ser ajudado, é algo muita mau.
Cumprimentos a todos!

http://tenhosalfaltamecolher.blogspot.com/